A Federação Internacional de Judô divulgou nesta segunda-feira a programação oficial do Grand Slam de Brasília 2019. A competição, que também terá a edição 2020, será realizada no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), de 6 a 8 de outubro, e será um evento de classificação olímpica, distribuindo até 1000 pontos no ranking IJF.

A programação do Grand Slam Brasília no CICB começa na sexta-feira (4), com o credenciamento técnico dos atletas e delegações. No sábado (5) acontecerão, além do credenciamento, o sorteio das chaves e as pesagens dos atletas das seguintes categorias: ligeiro (48kg), meio-leve (52kg) e leve (57kg) feminina; e ligeiro (60kg) e meio-leve (66kg) masculina. No domingo (6), os atletas entram no tatame para o primeiro dia de disputas.

Na segunda-feira (7), a capital do Brasil recebe os atletas das categorias meio-médio (63kg) e médio (70kg) femininas, e leve (73kg) e meio-médio (81kg) masculinas. A competição termina na terça-feira (8), com os confrontos dos atletas do meio-pesado (78kg) e pesado (+78kg) femininos ao lado dos judocas das categorias médio (90kg), meio-pesado (100kg) e pesado (+100kg) masculinas.

As lutas preliminares do Grand Slam de Brasília 2019 terão início a partir das 10h (horário de Brasília), com as finais previstas para às 16h (horário de Brasília). 

VEJA AQUI o Outline do Grand Slam de Brasília 2019 com a programação e informações de inscrição no evento.

Esta será a quinta vez que o Brasil sediará uma etapa de Grand Slam de Judô. As quatro primeiras edições foram em 2009, 2010, 2011 e 2012, todas no Rio de Janeiro, cidade que também sediou três Campeonatos Mundiais Individuais (1965, 2007 e 2013). Além desses, Salvador recebeu em 2012 uma edição do Campeonato Mundial por Equipes.

 

Fonte: CBJ Brasil